Pesquise no blog

segunda-feira, 9 de maio de 2011

O navio que encalhou em Superagui

Seu Querino com o diário de bordo do navio pesqueiro Chinês Sin Hai II 

Em dois capítulos, a Folha do Litoral apresentou a reportagem sobre um navio que encalhou em Superagui (Guaraqueçaba) em 1970. Após 40 anos, o senhor Querino Gabriel da Silva, que participou daquele salvamento, documentou a história e ampliou as fotos. Com a publicação no jornal, o fato ganhou destaque novamente, já que estava esquecido. Segundo Querino, cerca de 90% da população desconhecia a história, que agora volta a ser assunto comentado. A repercussão resultou no convite para expor as fotos da aventura, que em breve será oficializada. 
Peça histórica foi decisiva na salvatagem do navio 

A Âncora da Praça
Um detalhe que chamou a atenção foi o fato deles terem tirado a âncora da Praça, em 1970 (com autorização do prefeito da época). Da praça para o fundo do mar! Foi assim que eles conseguiram desencalhar o navio pesqueiro que hoje está em Portugal. Na época, quem passava pelo local e não via a âncora não poderia imaginar que ela estava novamente no fundo do mar. Agora quem passa pelo local, sabe que ela é muito mais que uma simples peça de enfeite que infelizmente, é sempre alvo dos pichadores.
Após seis meses encalhado, o navio foi para Santos e hoje está em Portugal

8 comentários:

  1. Puxa isso da um bom documentário...
    a historia é bem interessante, são coisas que acontecem para aqueles que vivem no mar...

    ResponderExcluir
  2. Meu falecido avô João Pedro Santiago trouxe esta embarcação para Santos. Há muitos meses eu procurava numa Comunidade ai de Paranaguá, num site de relacionamento,notícias sobre o q realmente ocorreu com este navio.Depois de tanto procurar e pesquisar encontrei.Mas ainda para mim, tudo é muito vago.Mas assim mesmo fiquei muito emocionada.

    ResponderExcluir
  3. Senhora de "Pensamentos de uma Escritora". Poderemos trocar informação, pois tenho mais dados. Escreva-me para o meu mail

    ResponderExcluir
  4. Boa tarde, meu pai serviu na capitania dos portos de paranagua e deu guarda nesse navio, creio que ele ainda tem algumas fotos do navio, se ajudar meu email é c.clayton.silva@gmail.com

    ResponderExcluir
  5. Pelo que sei esse navio tem uma historia bem macabra, pelo que vagamente lembro trêz ou quatro pessoas mataram toda a tripulação depois foram deportados à china e condenados a pena de morte

    ResponderExcluir
  6. Se me puderem dar informações desse navio, fico grato. Eu tenho alguns dados sobre a compra desse navio para Portugal.
    Digam algo para jgrave@sapo.pt

    ResponderExcluir
  7. http://informativo-nossopixirum.blogspot.com.br/2012/07/sin-hay-ii-exposicao-no-marcado-velho.html

    mais inf neste blog, link acima.

    ResponderExcluir
  8. gostaria de contactar o Seu Quirino, alguém pode me passar algum contato dele ? meu email é diogoblanco83@gmail.com

    ResponderExcluir